4 de junho de 2010

desabafo pela simplicidade

Sou frequentadora assídua de um grande parque curitibano, o Barigui é meu quintal, eu e Chloé precisamos desse espaço verde para compensar nossa vida de apartamento - que eu não acho trágica, somente um pouco claustrofóbica de vez em quando, mas eu vivo pelas ruas e parques e equilibro bem esse quesito. Quem tem cachorro tem uma enorme possibilidade de fazer amigos que também têm cães. Existe um verdadeiro código de conduta dos bons e educados donos de cachorros que passeiam pelo parque e eu fiz muitos amigos por causa da minha magrela.
Sempre nos encontramos e o grande propósito é divertir os cães, então uma ótima alternativa é soltarmos os peludos das coleiras para correrem livres. Normalmente fazemos isso nos cercados dos aeromodelistas ou na parte de trás do parque, onde não há muita gente e é bem mais longe da rua, portanto bem mais seguro -somos super conscientes-:)
Quem confia e tem controle sob seu cão já me "cheira" bem, é sinal que a pessoa gosta e entende as necessidades do cachorro, isso demonstra um pouco da personalidade do dono do cão.
Bom, estou querendo chegar ao ponto que me choca e muito me irrita, os bizarros donos dos cachorros que nada podem.
Darei patéticos exemplos, que na verdade são bem tristes, mas que testemunho com certa frequência no Barigui.
Começando pelo dono que leva seu bicho ao parque com sapatos para que o cão não suje as patas. Bem, você pode imaginar o motivo de cachorros não usarem sapatos desde os primórdios dessse mundo insano? Porque é preciso que sintam o terreno em que pisam, isso lhes dará segurança e sensações necessárias para que aprendam sobre o mundo e, sobretudo, sobre a natureza.
Achou o exemplo terrível, né? mais têm outros bem piores.....cachorro super bem escovado, provavelmente fizeram chapinha no pobre cão - o que já é outra crueldade- vai passear no parque e quer correr, brincar e não sabe desviar poças com restos da chuva, o dono do bicho fica tenso, puxa o pobre e o carrega no colo para que não exista a possibilidade dele se sujar e estragar o penteado. Socorro!! O cachorro quase tem um chilique de vontade de ir ao chão e explorar  os cheiros e gostos, e aí late, se revira todo no colo do dono e ainda leva um safanão e é chamado de chato e desobediente...chato?? E do que podemos chamar esse dono?  Vai se tratar! Compre um bicho de pelúcia e o desinfete umas 3 vezes ao dia....ahh e não esqueca de tomar seu tarja preta, ok?
Outra que aconteceu domingo passado no cercado do parque, eu e 2 amigos com seus 2 cachorros super cachorros correndo como loucos e cheios de lama nas patas, respingos, sujeira...uma felicidade só! De repente, chegou uma dona com seu buldoguinho francês e pediu para brincar com os nossos, prontamente concordamos. O cachorro dela começou a se debater para correr atrás dos nossos e ela não o soltava da coleira.....eu perguntei por que ela não o soltava...e ela do alto do seu topete com laquê (spray de cabelo das antigas, tô chamando assim só pra denegrir a imagem dela mesmo... :D) me respondeu: ai...mas ele vai se sujar e hoje não sei se acho pet shop aberto para ele tomar banho!!
Eu emudeci por uns segundos, recuperei a fala e insisti só para deixá-la tensa: solte... deixe ele correr...bom, ela ficou tão constrangida que acabou soltando, então veio o pior: o pobre cachorro não sabia correr!! Ele andava de lado tentando entender a liberdade e suas patinhas tão baixinhas e fora de forma não se sincronizavam...pura falta de prática! Olha só... após uns 15 minutos de vexame canino e humano, a mulher foi embora - provavelmente apavorada e estressada- pois além do bicho estar sujo, ela teve que assistir cenas bárbaras de liberdade e alegria alheia ao vivo, em cores e sem cortes....
Gente, eu sei que estou exagerando um pouco, mas na boa,
cachorro é bicho! Não dá para esquecer disso...
Bem, tem gente fazendo coisas similares com crianças...um dos tristes episódios que vi foi um pai pançudo andando ofegante, porém orgulhoso ao lado de seu filho de uns 2 anos (idade em que andar, correr, pular é crucial para o bom desenvolvimento da coordenação motora) sentado num quadriciclo motorizado grotesco, barulhento e gigantesco. A criança não terá muita escolha, ironicamente, será parecida com o buldoguinho francês da dona de laquê...
Sei lá, perderam a noção de tudo...
Há tanta informação por aí, tanta alternativa saudável para se divertir: andar, correr, passear ao ar livre com seus filhos, seus cachorros, sua bicicleta, seus patins...tudo tão simples!
Acho que esse é o problema!
Muito simples, daí ninguém mais gosta...

7 comentários:

Leila Silva disse...

Pois é, já sugeriram estes sapatos para o meu beagle, imagine um cachorro tão ativo com essas aberrações?
Eu moro um pouco longe do Barigui, mas já levei o meu cachorro lá mais de uma vez, vai ver que até já nos encontramos por acaso.
Abraços

blogdaSerenadog disse...

Adorei esses cachorros "voadores" das fotos e, óbvio, concordo com o texto, né Cláudia!
Quanto a nos agasalharmos bem e irmos para a cama da Su e do Mila, acho absurda esta colocação...como "irmos", nós nem saímos dela, há uns dois dias, rsrsrs...tá muuito frio!
E a Chloé deve estar com o narizinho bem gelado, né? Tadinha...
Um abraço bem quentinho nas duas e, claro, as boas e velhas lambidas no nariz, com sabor chocolate quente.

Marise Heleine disse...

Gosto de pessoas lúcidas. Sempre uso este adjetivo quando gosto do que leio ou ouço. E te acho super lúcida. (Acho porque não sou muito..rsrsrs)

Adriana ♣* disse...

infelizmente o mundo tá virado de ponta cabeça!
é triste presenciar esse tipo de atrocidade e outras...
só nos resta rezar... torcer para que o mundo mude e que a única lei seja a do AMOR!
beijos e tudo de bom!

Berna disse...

Cláu....Lí, reli e quase me enquadrei no texto....porém, não uso laquê, mas sou do tempo dele..hehe, por isso, já não consigo ter a disposição de vcs jovens..meu cãozinho amado, não teve a sorte de ser (nascido) de alguém com tanta disposição, ela anda e corre normal, mas parque não frequenta...é muito amada e não faz chapinha. De qualquer forma..Há! ela não usa sapatinho tbém. Ela tem uma coisa que muitos cães não tem....amor...amor...amor...é quase uma pessoa. Linda a mensagem, pena que gente como essas não leiam blogs como o seu. Bjuuus.

daiobaroni disse...

Salve a cachorrada!!!o meu,quindim,é livre e solto,aki emcasa tem muito mato e grama pra ele Claudialina!beijo Daio

blogdaSerenadog disse...

Oi meninas! Dêem uma olhadinha na minha postagem "Retospectiva", a primeira do dia de hoje. Lá tem uma foto sua, Chloé, super style.
Espero que gostem.
Lambidas modelísticas.